Nesta série, vamos entender o que significou Os Cânones de Dort com o Dr. R. Scott Clark. Todo conteúdo está postado numericamente em ordem subsequentes, para ter amplo e completo entendimento em torno dos Cânones de Dort é necessária que siga as dispensações nas quais os artigos foram publicados aqui no site. Este texto é o segundo artigo da série, visite todos os artigos da série clicando aqui.

Como os seguidores de Armínio foram (principalmente) eclesiasticamente separados das igrejas reformadas durante séculos, é fácil perder de vista o fato de que a crise arminiana ocorreu originalmente dentro das portas da igreja reformada. Apesar das graves reservas sobre sua teologia e ensino expressas por Plancius e outros ministros em seu Classis (presbitério), e por seus colegas Gomarus e Trelcatius Jr., Armínio foi e permaneceu como ministro em boa posição na igreja reformada (Hervormde Kerk) na Holanda. De certo modo, a maneira como ele conduziu seu ministério e sua morte, dentro da igreja, intensificou o problema porque, na ausência de qualquer pronunciamento eclesiástico inequívoco, esse fato possibilitou que seus apologistas dissessem (como apologistas da Visão Federal para dizer hoje sobre alguns de seus teólogos, por exemplo, Norman Shepherd) que “ele é um ministro de boa reputação”. De fato, os Remonstrantes defenderam seu direito de ensinar suas revisões da teologia Reformada dentro dos limites da igreja. Eles também ativamente fizeram campanha, com ajuda de magistrados civis solidários para revisar a Confissão Belga (1561), a ordem da igreja, e a relação entre igreja e estado (em direção ao erastianismo), de modo que aqueles magistrados compreensivos pudessem não apenas defendê-los, mas também avançar sua teologia, piedade e prática dentro da igreja reformada. Lembre-se também que enquanto esta competição teológico-política estava ocorrendo, os Países Baixos estavam em guerra com a Espanha e a destrutiva Guerra dos Trinta Anos (1618-1648) estava se aproximando. As tensões inerentes à Paz de Augsburg (1555) estavam prestes a ser resolvidas, de uma forma ou de outra. Mais»